terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Meu Deus! City o Mônaco.

O que foi isso, meu povo? O que foi esse jogo em Manchester? De quase eliminado em casa para uma boa vantagem, mas não decisiva, para avançar às quartas de final da Liga dos Campeões da UEFA. O Manchester City conseguiu vencer por 5-3 o líder do campeonato francês e poderá perder por até um gol de diferença no jogo da volta no dia 15 de março.

Ainda bem que eu sou apenas um torcedor, não sou analista de futebol. Feliz para cacete quando o Sané faz aquela jogadaça para o Sterling abrir o placar, depois puto com uma saída de bola errada do Caballero, queria matar o juiz quando ele não deu o pênalti no Aguero e ainda teve a cara de pau de dar amarelo para ele. Desesperado para entender porque nenhum técnico do City consegue nos fazer jogar contra times europeus, querendo jogar a TV do 19º andar quando o Mônaco virou e o árbitro ainda deu um pênalti que CABALLLERO SALVOU, evitou o 3-1.

Caguei para o frango do goleiro, xinguei a família toda do Stones quando ele apanhou do Falcão no 3-2 contra (que golaço). Vibrei com o voleio do Aguero. Stones, você é o cara mais bonito da história do universo depois da virada para 4-3. E que bola entre Silva, Aguero e Sané para o 5-3.

Eu não lembro quando foi, mas que DEFESA DO CABALLERO no chute do Falcão Garcia, defendeu no contra pé e com o pé. Só não vai tomar 10 hoje por causa da saída de bola que resultou no gol deles. Bravo, se contente com o banco!

Cara, longe de ser o melhor resultado antes da partida, eu não queria sofrer gol, imagina gols, mas como foi tão louco esse jogo, estou satisfeito com o placar final. Por muito pouco, não fomos para Mônaco a passeio, graças ao careca mais sensacional do clube: WILLY CABALLERO!

Não sei mais o que falar, estou cheio de adrenalina no corpo, isso vai demorar a sair. A última coisa a fazer antes do jantar, é colocar a votação do melhor em campo e deixar VOCÊS comentarem, visão do jogo por vocês. Hoje eu não consigo escrever mais nada, além disso: FUTEBOL É FODA DE BOM!

PS: Na transmissão a UEFA creditou um cartão amarelo para o Sterling e ele ficaria de fora do jogo de volta, na súmula no site da UEFA não tem esse cartão. Por enquanto me parece que ele não está suspenso.

VOTAÇÃO MELHOR EM CAMPO:



INFORMAÇÕES DA PARTIDA

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Liga dos Campeões - Man City Vs Mônaco

Terça feira começa a disputa para o Manchester City por uma vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões. O primeiro jogo será no Etihad ou como a UEFA chama por questões contratuais City of Manchester Stadium. O canal Esporte Interativo transmitirá pela TV e pela Internet a partida que começará mais cedo em parte do Brasil com o fim do horário de verão, 16:45 horário de Brasília.

A experiência não exitosa do Manchester City no sábado prova que o clube tem intenção de, ao menos, igualar a temporada passada quando chegou as semi finais. Devido ao acúmulo de jogos e a má vontade da FA e das TVs, o treinador Pellegrini não pensou duas vezes e não deu prioridade ao jogo contra o Chelsea pela Copa da Inglaterra e encheu de jovens em suas primeiras partidas pelo time profissional. Três dias depois o time enfrentou o Dinamo em Kiev, venceu por 3-1 e deu um grande passo para avançar as quartas.

Guardiola não precisou colocar a base em campo para o jogo contra o Huddersfield, mas colocou um time com vários jogadores que não vem sendo muitos utilizados, algo que eu já deixei claro que questiono porque não jogaremos no próximo final de semana. Ele é o treinador, ele sabe melhor do que eu como montar o time dele partida a partida. Então com essa tática teremos um quinteto de meio de campo super descansado já que Yaya, David Silva, De Bruyne, Sané e Sterling ou não jogaram ou ficaram por volta de 20 minutos em campo.

Estou apreensivo para saber como Guardiola montará esse time. A parte ofensiva está dando muito certo, só que dessa vez teremos pela frente o melhor ataque da Europa com 76 gols marcados em 26 jogos pela Ligue 1, quase três gols por partida, com isso eles são líderes no campeonato francês. A defesa é a terceira melhor no francês com 24 gols sofridos, talvez podemos tirar algo positivo disso: o campeonato deles não é conhecido por ter times muito fortes. Por exemplo em 2014-15 o Mônaco foi terceiro colocado com 26 gols sofridos em 38 partidas. Comparando com hoje, a coisa está bem pior para eles.

Não que a nossa defesa seja brilhante, muito longe disso, apesar de que nos últimos cinco jogos só sofremos 1 gol, mas saber que a defesa do adversário pode ser algo vulnerável pode ser um alento para o time. 

Com um ataque tão forte deles, será que é uma boa utilizar o Yaya como um jogador mais parado no meio de campo? Será que não valeria a pena, deixar essa função para o Fernandinho que tem mais perna que o marfinense? Gostaria que isso acontecesse, mas acho difícil. Se pensasse nisso, Guardiola não teria poupado Yaya na Copa da Inglaterra, nem no banco ficou nesse dia.

A princípio para esse jogo não teremos os seguintes jogadores: Gundogan, que lesionado e fora da temporada deu lugar a Yaya na lista de inscritos na UEFA, Gabriel Jesus e Kompany, se não dá para jogar contra um time da segunda divisão, não pode ser usado contra um time que faz excelente campanha no campeonato e na Liga dos Campeões. A dúvida fica por conta de Kolarov.

O sérvio saiu nos minutos finais contra o Huddersfield após uma dividida como jogador adversário, me parece que não era nem para ter jogado, mas como Clichy teve um problema físico, pequeno segundo o City, ele foi para o jogo. A pancada do Kolarov não parecia nada preocupante porque ele saiu sozinho do gramado, Guadiola apenas não quis forçar e perder para o jogo de terça. Eu acho que ele não vai de lateral esquerdo e sim de zagueiro. Aí fica aquele questão: vamos de 3-5-2 ou 4-1-4-1. 

Nem ver os nomes na escalação adianta mais. Fernandinho já foi escalado de lateral direito e esquerdo nessa temporada, não me causaria espanto se ele começasse a partida como um dos zagueiros.

Amanhã será realizada a coletiva às 10:30 da manhã com presença de Guardiola e De Bruyne, talvez o treinador possa dar uma posição sobre os jogadores disponíveis para esse jogo. Acho que aquela tradicional pergunta será feita e não respondida: "qual goleiro jogará, Willy ou Bravo? Amanhã eu decidirei".

O Mônaco não poderá contar com dois brasileiros na primeira partida do confronto: Jemerson, ex Atlético Mineiro, está suspenso e Boschilia, ex São Paulo, contundido. Além do perigo de Falcão Garcia no ataque e bom não perdemos o foco em Kylian Mbappé, o jovem atacante francês tem feito bastante gols nessa temporada. Já foram dois Hat Tricks  nessa temporada.

O melhor resultado seria vencer por 15 a zero com os três melhores jogadores deles expulsos, isso não irá acontecer, então temos que ir para Mônaco vivos e de preferência sem levarmos gol, mesmo com vitória nossa. Tomara que nosso time possa se impor e jogar com vontade para irmos bem na partida em Manchester, acharia bem legal se imitasse um PSG, um Bayern.

Man City Vs Mônaco (desde 2005): Times não se enfrentaram nesse período. Na verdade eles irão perder a virgindade entre eles nesse jogo.

Jogadores Suspensos: Não há.

Jogadores Pendurados: Raheem Sterling - 2 cartões amarelos.

Juiz da Partida: Antonio Mateu Lahoz (ESP). Apitou apenas um jogo nosso, foi o mencionado acima contra o Dinamo, vitória nossa por 3-1 em Kiev. Ficou de folga nessa rodada do campeonato espanhol.

Sorteio Quartas de Final Copa da Inglaterra.

Foram sorteados os confrontos da fase quartas de final da Copa da Inglaterra, nessa edição será a primeira vez que, caso ocorra empate, a partida será definida no mesmo dia, assim não haverá mais replay nessa temporada.

O classificado do Replay entre Manchester City e Huddersfield, que acontecerá na terça feira, dia 28, enfrentará o Middlesbrough fora de casa.

Se vencer na terça, City terá chance de revanche contra o Boro que o eliminou 24/01/2015 por 2-0 no Etihad. O interessante dessa partida que o City também viajou para Abu Dhabi e voltou no dia anterior ao jogo. Pellegrini foi muito criticado por isso, eu acredito que tenha sido mais imposição dos manda chuvas do clube do que vontade dele.

Esse é o sétimo sorteio seguido que o City, se avançar, é o visitante.

O vencedor do jogo entre Sutton e Arsenal, amanhã, enfrentará como mandante o Lincoln City. Sempre é bom torcer para o time mais fraco, a torcida de amanhã será especial porque se o Sutton avançar, teremos um confronto de times da 5ª divisão nas quartas e um será semi finalista.

Confrontos das quartas de final:

Chelsea x Man Utd Middlesbrough x ManCity/Huddersfield Tottenham x Millwall Sutton/Arsenal x Lincoln City

sábado, 18 de fevereiro de 2017

City não elimina o Huddersfield.

Infelizmente teremos um Replay pelas oitavas de final da Copa da Inglaterra. O Manchester City não conseguiu sair do zero a zero contra o Huddersfield fora de casa, agora deverá jogar a partida de volta em data a ser definida, num calendário de muitos jogos. 

Eu apostava em um time forte nesse jogo, eu entendia que não era necessário descansar os jogadores para a partida contra o Mônaco, justamente para podermos vencer esse confronto de hoje e evitar um jogo extra, Guardiola preferiu escolher outro caminho. Muitas modificações no time titular, incluindo chances para Navas e Nolito que tem jogado pouco nos últimos meses.

O time jogou muito pouco durante a partida, alguns lances isolados que poderiam ter se tornados em gol, mas ou o goleiro conseguiu impedir ou um zagueiro tirou em cima da linha. O mandante testou Bravo, titular nessa partida, e o nosso goleiro foi bem, saiu sem tomar gol, algo raro durante esse tempo que ele foi contratado pelo Manchester City.

O City pensaria em viajar para Abu Dhabi, afinal não joga na próxima final de semana. O que jornalistas da BBC falam é que esse repaly deverá ser na próxima terça ou quarta no Etihad. Não sei se irá acontecer mais. Gastará tempo se deslocando para ficar menos de uma semana por lá, acho que pode trazer mais problemas para o time.

Kolarov saiu de campo hoje após uma dividida com um oponente, como Clichy não jogou por uma pequena contusão, eu estou um pouco apreensivo se teremos um lateral esquerdo efetivo na terça ou Fernandinho jogará lá com contra o Bournemouth. Kompany, para mim, é carta fora do baralho. Se não tem condições de jogar essa partida de hoje, não tem mais condições de jogar nenhum jogo pelo Manchester City.

Para finalizar Iheanacho apenas ficou no banco, deve estar de partida logo, logo. Uma pena.

Sorteio da próxima fase será nesse domingo, por volta das 15:30 e o vencedor do jogo entre Man City e Huddersfield será a bolinha de número 7.

PS: O jogo de volta está marcado para terça feira dia 28 às 17 horas.

VOTAÇÃO MELHOR EM CAMPO:


INFORMAÇÕES DA PARTIDA:

Live Blogging - Copa da Inglaterra - Huddersfield Vs Man City

Live Blog Copa da Inglaterra - Huddersfield Vs Man City
 

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Copa da Inglaterra - Huddersfield Vs Manchester City

Campeonato inglês não terá rodada nesse final de semana, será a vez da Copa da Inglaterra na sua fase oitavas de final. O Manchester City fará uma viagem curta para enfrentar o Huddersfield da segunda divisão. O jogo terá transmissão dos canais ESPN e acompanhamento via Live Blogging. A partida terá início às 13 horas, horário de verão de Brasília.

A princípio, antes da entrevista coletiva de Guardiola na sexta, os únicos jogadores que estarão ausente nesse sábado, ambos por contusão, são Gundogan e Gabriel, esse passou por um cirurgia nessa quinta feira com o médico indicado pelo treinador. Ele ainda ficará mais dos dias na Espanha antes de voltar para Manchester. Tenho certeza que estará no estádio na terça, ele gostaria de estar em campo, mas vai ter que se contentar com a arquibancada nessa fase oitavas de final.

Dito isso, Guardiola poderá escolher o time que quiser para iniciar o jogo de sábado, na minha opinião não é necessário poupar pensando no Mônaco na terça feira. Como não temos o jogo do dia 26 contra o United o time só voltará a campo no dia 05 de março, para enfrentar o Sunderland, e deve aproveitar para viajar para Abu Dhabi para fazer treinamento num clima mais agradável que Manchester. Só estou em dúvida se houver empate nessa partida, se haverá essa viagem.

No meio da próxima semana não poderão jogar porque o City tem o jogo contra o Mônaco, no final de semana tem rodada da primeira e segunda divisão, mesmo que nós não joguemos, o Huddersfield jogará contra o Barnsley no sábado dia 26 e dia 28 contra o Wolverhampton, no final de semana do dia 04 os dois times jogarão e no dia 7 de março eles enfrentarão o Aston Villa. Dia 11 são as quartas de final da Copa da Inglaterra, então moral da história: que não ocorra empate!

Depois dessa divagação sobre calendário, volto ao assunto que não devemos poupar ninguém. É possível jogar duas vezes num período de pouco mais de 3 dias, os jogadores também não são feito de açúcar não. Nós teremos algumas horas a menos de descanso em relação ao Mônaco porque eles jogarão na sexta à noite, mas também precisarão viajar até Manchester.

Acho que aquele quarteto ofensivo será mantido com Aguero sendo o atacante no lugar de Gabriel Jesus, frase ainda difícil de acreditar essa última. Os jornais estão especulando que alguns jogadores ganharão chance no time titular, o nome mais comentando é do capitão Kompany que entrou em campo apenas uma vez em 2017, foi na partida anterior da Copa da Inglaterra contra o Crystal Palace, ele ficou os 90 minutos em campo, algo que só conseguiu completar duas vezes na atual temporada.

Não acredito que deveremos ter algum jogar da base à disposição para esse jogo apesar de Guardiola ter chamado alguns para o treino de hoje. Aleix Garcia e Adarabioyo deverão voltar a jogar pelo time principal apenas na temporada que vem. Se o nosso oponente não estivesse tão bem na temporada, fosse um dos times da quinta divisão, talvez pudessem ter oportunidade.

Estou ansioso para saber se Iheanacho voltará ao banco, ao menos. No vídeo de hoje ele estava em campo e treinou finalizações no final, pelo que o clube mostrou, eu acho que ele perdeu as duas chances que teve, tomara que eu tenha visto errado. 

Como já dito anteriormente, o jogador emprestado pelo City, Aaron Mooy, não poderá enfrentar o seu clube principal por regras impostas pela FA.

O juiz da partida será o Anthony Taylor, o mesmo que apitou o jogo contra o Chelsea e não deu um pênalti a nosso favor quando Cahill para a bola com o braço, que poderia ter expulsado David Luiz em lance com Aguero e poderia ter rejulgado o lance do Fábregas com o Fernandinho e dado cartão vermelho para o espanhol. Eu concordo com as duas expulsões nossas, principalmente do Aguero.

Segundo  The Sun, o sorteio para a próxima rodada será na segunda feira, às 16:55, a federação ainda não disponibilizou os números da bolinhas correspondentes de cada time.

Man City Vs Huddersfield (desde 2005): a última vez que se enfrentaram o jogo terminou 1-1 e foi pela segunda divisão em 18/02/2000. Em 1988 os times jogaram três vezes pela Copa da Inglaterra para decidir que avançaria, naquela época não havia limite de replays, teria que sair um vencedor, nesse caso foi o City por 3-0 fora de casa.

Em 07/11/1987, novamente pela segunda divisão, massacramos por 10-1 eles. Repeteco no sábado?

Jogadores pendurados: não há.

Jogadores suspensos: não há.

Juiz da Partida: Anthony Taylor: 13 P, 7 V, 3 E e 3 D. Pela Copa da Inglaterra vitória sobre o Barnsley (5-0) e derrota para o Wigan (1-2), as duas no Etihad. Nessa temporada apitou apenas o jogo contra o Chelsea.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Lesão do Gabriel Jesus.

Agora no intervalo do jogo da Globo, o narrador Luís Roberto avisou que amanhã cedo Gabriel viajará para Barcelona onde será avaliado por um médico, se for necessária a cirurgia, ela será feita na sexta feira dessa semana. O tempo de recuperação não é preciso.

Jogadores do City tem ido constantemente à Barcelona para se tratar com os médicos recomendados por Guardiola. Já foram Kompany, De Bruyne e Delph. Todos estão liberados para jogar no momento.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Gabriel Jesus, Aguero e...Iheanacho.

As notícias não são nada boas para o Manchester City após um período de poucas contusões e o elenco quase que inteiramente disponível para Guardiola trabalhar. Hoje foi confirmada uma lesão no pé de Gabriel Jesus, uma fratura do quinto metatarso direito (cuidado com o pleonasmo, metatarso se refere ao pé e Metacarpo a mão), o clube não divulgou o prazo que o jogador ficará de fora.

O quinto metatarso, também chamado de mindinho, é aquele popularmente conhecido "como o dedo para achar objetos no escuro". A capacidade dele achar uma quina de uma mesa é algo a ser estudado pelos melhores cientistas.

A ausência do Gabriel pelas próximas semanas é algo ruim não apenas para ele, mas para City, Guardiola e também para Aguero. O clube não perde somente com os resultados em campo que o brasileiro ajudava a trazer, mas com todo o marketing gerado desde a chegada dele a Manchester. A quantidade de exposição gerada por ele foi muita alta, afinal era o camisa 9 da Seleção Brasileira, que pode não ser a melhor do mundo atualmente, mas tem uma mística em torno dela.

Já o treinador perde porque conseguiu encontrar uma formação ofensiva muito forte, com jogadores que pressionavam na marcação o campo todo, do que jeito que ele gosta, os resultados estavam chegando. Desde que Gabriel começou como titular, o time venceu as quatro partidas, fez 11 gols e só sofreu 1. Claro que Jesus não é milagroso (com trocadilho, por favor), mas o modo como atua, em intensidade total, faz com que facilite o trabalho da defesa que em muitos casos terá que lidar com um time que chegou com um ataque mal construído.

E por que é ruim para Aguero? Aguero é capaz, não é um jogador de quinta categoria, ele é forte contra seus marcadores, sabe se posicionar e é muito habilidoso. Eu acredito que ele queria ganhar essa "briga" com Gabriel no campo, mostrando suas qualidade. Agora teremos muitos cornetas na imprensa ou mesmo na torcida, que ele só voltou ao time titular porque o recém chegado está fora por contusão. Terá gente, com certeza, querendo trilhar esse caminho para tumultuar o ambiente num momento de ascensão.

Agora algo que me preocupa muito é o que acontecerá com Kelechi Iheanacho. Eu já queria escrever um post sobre ele mesmo antes da contusão do Gabriel. Agora com esse acontecimento será que veremos ele de volta ao time?

Quando Aguero foi suspenso e não pode jogar quatro partidas, eu entendia que Iheanacho seria titular nesses jogos. Mesmo com o argentino em condições de jogo contra o Celtic na Liga dos Campeões, o jovem foi titular e fez gol, então imaginava ainda mais que ele iria liderar o ataque na ausência do Aguero. Só que nessas partidas, ele foi titular apenas em uma, na primeira, e ficou 58 minutos em campo, foi naquela derrota para o Leicester.

Eu não posso acreditar que ele foi julgado por aquela partida, o time inteiro foi mal, a defesa entregou uns 2 ou 3 gols, talvez até os quatro, então por que apenas ele saiu do time? Nas três partidas seguintes, ele ficou apenas 39 minutos em campo, nem um tempo completo. E a coisa continuou a ir ladeira a baixo para ele nos jogos posteriores.

Em 2017, ele entrou em campo meras 2 vezes em oito possíveis: só durou os 45 primeiros minutos contra o Burnley e 28 minutos no segundo tempo de uma partida que já estava 2-0 para o Everton e terminou 4-0. Com a chegada da Gabriel, nem banco ele tem ficado. A gente pode pensar que o Guardiola só joga com um atacante mesmo e teria o Aguero na reserva nessas partidas, mas na Copa da Inglaterra contra o Crystal Palace, o Aguero foi poupado e ele não teve vez entre os 18 relacionados.

Jogadores com Navas, que está no seu último ano de contrato e deve sair, e Nolito, que vem muito mal e muitas vezes ficou fora do banco, ganharam oportunidade de jogo em algum momento dessas partidas. Como entender isso? O Stuart Brennan, do MEN, chegou a comentar com ar de muito surpreso em sua conta no Twitter, mas não avançou a ponto de criar uma matéria, procurar respostas sobre ausência do camisa 72.

A única especulação que eu li, muito boato mesmo, foi que ele não queria assinar um contrato com a empresa do Pere Guardiola, irmão do treinador. A notícia veio de um site da Nigéria, país do atacante, e não conheço a linha editorial deles para saber se é verdade ou boato. Se tivesse que escolher uma das duas opções, seria boato mesmo.

Na temporada passada, nós vimos ele entrar em ação em várias partidas e marcar muitos gols. A torcida como um todo já imaginava uma dupla formada entre ele e Aguero com o Guardiola comandando os dois. Os números nessa temporada continuam altos, para um atleta que deve ter o menor número de minutos entre os nossos principais artilheiros, ele só fica atrás do Aguero e Sterling já que ele tem eis gols e os outros dois 18 e 8, respectivamente. Uma comparação interessante: ele fez, até o momento, um jogo a mais pelo City que o Robinho, "dono" do time na temporada que passou por lá, Iheanacho marcou 20 gols, Robinho 16!

Eu acreditava piamente que Gabriel iria disputar a vaga com ele no banco, Iheanacho começou muito bem no comando de Guardiola, não fazia sentindo para mim abandoná-lo, ele tem apenas 20 anos. Tem muita lenha para gastar pelo Manchester City ainda. 

A ausência do Gabriel teoricamente abriria uma vaga de atacante no banco, mas como já comentado acima, essa vaga surgiu na Copa da Inglaterra e ele não esteve nela. Acho fundamental os repórteres que cobrem o City perguntarem sobre isso ao treinador. Não faz sentido para mim que um atacante que estava fazendo muitos gols, ganhando pontos para gente e, principalmente, muito jovem, ou seja , que irá oscilar ainda seja jogado para escanteio de uma hora para outra sem explicação alguma. 

Espero de verdade que ele volte ao time já nessa partida da Copa da Inglaterra. Na sexta feira teremos a coletiva do Guardiola que deve ser mais focada na contusão do Gabriel Jesus, gostaria que alguém perguntasse sobre o Iheanacho, mas acho difícil de acontecer. 

Copa da Inglaterra.

O Huddersfield, nosso adversário no próximo sábado, venceu o fora de casa o Rotherham United, lanterna da segunda divisão, por 3-2 com gol do capitão Tommy Smith aos 92 minutos. O australiano emprestado pelo Man City, Aaron Mooy, jogou os 90 minutos, mas não poderá entrar em campo no sábado por questões de regulamento.

O Huddersfield é o terceiro colocado na zona dos Play-Offs na Championship.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

City vence e está em segundo lugar.

O Manchester City viajou até Bournemouth e bateu mais uma vez o time da casa, são quatro jogos na Premier League e quatro vitórias nossas. Sterling marcou o primeiro, Aguero até comemorou o segundo, mas o gol foi confirmado como contra. Notícia boa foi que também não sofremos gol, entretanto a péssima notícia foi Gabriel Jesus ter que sair antes dos 15 minutos de jogo com problema no tornozelo.

Ver o time que Guardiola escala não quer dizer que você sabe como irá jogar, só quando os jogadores tomarem suas posições que teremos alguma ideia do que ele quer do time. Por exemplo hoje, poderíamos jogar num esquema com 3 zagueiros com Sagna, Stones e Kolarov, mas o Fernandinho foi parte da defesa e como lateral esquerdo! Eu já tinha lido o treinador comentar sobre ele poder jogar em 10 posições no campo e pelo visto joga mesmo.

O lado ruim disso que alguns jogadores já podem ligar para seus agentes e pedir para procurar outro time, caso do Otamendi, Kompany e Clichy. O treinador preferiu remodelar a defesa com Kolarov na zaga e não usar esses jogadores. No final do jogo com a entrada de Otamendi no lugar de Yaya, Fernandinho foi para o meio de campo e Kolarov para esquerda. Não foi hoje que Kompany saiu do banco, a vida está horrível para ele.

Esse foi mais um jogo que Gabriel Jesus começou como titular e Aguero ficou no banco, eu acho que nessa altura do campeonato já é possível dizer que o brasileiro tomou a posição do nosso camisa 10. São três jogos que os dois estão disponíveis e nos três Aguero é preterido. Só seria pior para ele hoje se na hora da contusão do Gabriel, Guardiola preferisse colocar o Nolito, ainda bem que isso não aconteceu, caso contrário era de fechar o caixão dele no City. Vira essa boca para lá.

Ainda não se sabe a extensão da gravidade da lesão do Gabriel Jesus, Guardiola não quis forçar, preferiu logo fazer a substituição para não acontecer nada de pior com ele. Os exames médicos serão realizados nessa terça feira e vamos todos ficar na expectativa de não seja necessário ficar muito tempo de molho. 

Sobre o jogo em si, não acho que esteja nos nossos melhores nem piores. Fizemos o que era preciso para sofrer e nas vezes que Caballero foi chamado em ação ele respondeu, acho que Bravo está numa pior situação que Aguero no momento. 

Antes da abertura do placar, o City criou três chances perigosos. A primeira foi com Sterling que por um mágica bateu na trave e não na rede, no rebote o zagueir conseguiu bloquear o chute de De Bruyne. Yaya ainda tentou um chute em curva de canhota, a bola passou perto. O gol saiu após Sané fazer grande jogada pela esquerda e cruzar para Sterling. E por pouco o time não sofre o empate.

Quase no lance seguinte, Ibe cruzou pela direita e o atacante King puxou Stones para chegar na frente dele e marcar de bate pronto. No replay é possível mesmo ver o puxão de camisa, não sei como o juiz viu. O importante desse lance é uma crítica que o nosso zagueiro já havia sofrido, eu não me lembro ao certo, acho que contra o Chelsea, que ele vai muito mole nas jogadas, tem que se impor mais. Dessa vez não saiu o gol.

E o segundo tempo, foi de um baixo ritmo de jogo como tem sido constante para o City, o rendimento cai muito e deixa os times chegarem mais perto da nossa área. Pelo menos tivemos uma defesa mais sólida e não sofremos gol. Acho muito forçado dizer que a entrada de Aguero no lugar do Gabriel fez a pressão na defesa adversária diminuir e com isso não tivemos tanta intensidade quanto nos outros jogos. Acho que os jogadores forçaram menos. Só isso.

O segundo gol saiu de um cruzamento de Sterling pela esquerda, na maior parte do tempo ele caiu pelo lado direito, Aguero desviou a bola assim como o zagueiro que estava atrás dele, então o gol foi dado como contra. Acho que ele sabia que seria contra, tentou ganhar numa comemoração mais entusiasmada, mas não foi dessa vez.

Depois desse gol o jogo foi em banho maria com algumas poucas jogadas de perigo como o chute no travessão do Sané.

Conseguimos os três pontos, assumimos a segunda colocação e na próxima rodada da Premier League não entraremos em campo porque o jogo contra o United foi adiado, Arsenal também não jogará porque o Southampton fará a final contra o United no dia 26, então podemos cair para quarta colocação ou continuarmos em segundo com um jogo a menos se Tottenham e Liverpool não vencerem suas partidas. Pode ser uma rodada muito boa sem entrarmos campo.

Sábado Copa da Inglaterra, partida em jogo único contra o Huddersfield, será que Guardiola irá poupar jogadores pensando no Mônaco na terça feira? Eu acho que não, vai com o melhor time nos dois jogos porque só voltará  campo no dia 5 de março contra o Sunderland.

VOTAÇÃO MELHOR EM CAMPO




INFORMAÇÕES DA PARTIDA:


domingo, 12 de fevereiro de 2017

EPL # 25 - Bournemouth Vs Man City.

O Manchester City só jogará na segunda feira nessa rodada, então dará para aproveitar o final de semana, mas com aquela dor no coração de pedir para que a segunda feira chegue logo. O oponente dessa vez será o Bournemouth, em jogo fora de casa. A partida está marcada para às 18 horas e terá transmissão dos canais ESPN.

O time continua apenas com Gundogan fora por contusão, então Pep Guardiola terá a opção de rodar o elenco. Seriam quatro jogos importantes até o dia 26 de fevereiro, mas como o United fará a final da Copa da Liga, daqui a dois finais de semana, o time descansará e poderá curtir o carnaval desde o dia seguinte a partida conta o Mônaco, que está com a média "ridícula" de TRÊS GOLS POR JOGO no campeonato francês. Os três jogos são o de amanhã, Huddersfield pela Copa da Inglaterra no sábado e Mônaco na terça.

Sobre o jogo contra do Huddersfield, aquele comentário sobre a possibilidade de transmissão da partida se concretizou e a ESPN transmitirá a partida, já está na programação dela.

A grande matéria para a partida amanhã no Vitality Stadium é como será armado o ataque do time. Há muita especulação, boato e fofoca sobre o futuro do Sergio Aguero no City desde que Gabriel Jesus se tornou titular, marcou gols decisivos e ele foi para o banco de reservas, várias teorias surgiram e teremos outras tantas até ele resolver ir para o Independiente da Argentina quando o contrato dele terminar com o City.

Não tem como negar que a formação do time com Silva, De Bruyne, Sterling, Sané e Gabriel deu certo. O time pressiona muito a saída de bola do adversário, não os deixa respirar e muitas vezes conseguem uma roubada na nossa intermediária de ataque. Contra o Swansea, eles mal passaram da linha do meio de campo no primeiro tempo. Só que o Aguero é o Aguero, todos os torcedores o gostariam de vê-lo no time com Gabriel Jesus, não devemos escolher um ou outro, podemos ter os dois. Talvez o problema seja como o Guardiola goste de jogar, esquema que o argentino não parece se adaptar.

Eu já levantei esses números quando ele voltava da sua segunda suspensão na temporada, não os atualizei, mas não me parece que tenham melhorado. O time desde a chegada de Guardiola rende mais sem ele em campo, o que me deixa com a pulga atrás da orelha em escalá-lo ou não. Ele não é um talismã, um jogador de segundo tempo, é um dos maiores artilheiros da história do clube, não fez 154 gols porque a bola parou em cima da linha e ele só a empurrou. 

A concorrência com Gabriel Jesus ainda é nova, desde que chegou no Manchester City, Aguero já enfrentou vários atacantes e se manteve no time, isso mostra sua qualidade. Esperamos que ele responda ao desafio, ele não tem que ver o Gabriel como um inimigo, mas como um aliado que pode melhorar ainda mais se jogo e tenho certeza que isso ele entende. Rolou um confraternização dos jogadores do City em um restaurante brasileiro em Manchester e os dois estavam lá, acho que até lado a lado.

Enquanto na roda de música, um tocou um, sei lá o quê é aquilo, um bongô, um tambor, o outro se aventurou no pandeiro. Tenho certeza que seria melhor para todo mundo que eles se entendessem em campo e nunca mais ousassem tocar nenhum instrumento na vida. 

O Bournemouth está numa draga de dar gosto, são cinco partidas sem vitória com duas derrotas em sequência, quem sabe três. Ainda tem uma gordurinha para queimar antes de encostar de vez na zona de rebaixamento. No jogo em Manchester, vitória nossa por 4-0 e Nolito foi expulso no fim da partida. Por onde anda ele?

Se vencermos, assumiremos a segunda colocação já que o Tottenham perdeu para o Liverpool. Tirado o Chelsea, do segundo ao sexto a coisa está muito embolada. A vitória nos deixará dois pontos a frente da terceira colocação e como não vamos jogar na próxima rodada da Premier League, essa vantagem seria excelente porque se nossos adversários não vencerem na rodada, não nos passarão e ainda terão feito um jogo a mais.

Man City Vs Bournemouth (desde 2005): 3 P, 3. 13 gols marcados e apenas um sofrido. Bom retrospecto.

Jogadores Pendurados: Não há.

Jogadores Suspensos: Não há.

Juiz da Partida: Neil Swarbrick - 9 P, 8 V e 1 D. Essa derrota foi num jogo pela Copa da Liga contra o West Brom em 22/09/10, o interessante é que nesse jogo Mancini deu a primeira chance para vários jogadores da base e Jô fez o gol. Na temporada, uma vitória na Premier League por 3-1 sobre o Swansea no País de Gales.